Empreender no Brasil não é tarefa fácil e, nessa jornada, muitos empresários enfrentam medos, frustrações e insegurança.

Tendo passado por inúmeras experiências no mercado corporativo e atuando como mentor e consultor frente à MORCONE Consultoria Empresarial, lido recorrentemente com questões entre empreendedores que, no geral, representam problemas em comum.

Todos desejam ver o negócio crescer, mas são muitos os obstáculos de gestão e comportamentais que precisam ser encarados para solucionar as dificuldades que impedem a expansão de pequenas e médias empresas. Quais são elas?

Principais dificuldades de expansão de pequenas e médias empresas

No mercado corporativo, ter uma boa ideia e recursos não é o suficiente para manter um negócio no mercado, é preciso seguir alguns passos, por isso, selecionei com base em minha experiência, as dificuldades recorrentes com as quais me deparo, principalmente no atendimento a pequenas e médias empresas. Será que você está enfrentando alguma delas?

Antes de começar no mercado não havia um cálculo de custos

Muitos empreendedores já antes de abrir o negócio cometem falhas no momento do cálculo de custos necessários para o exercício das atividades.

A previsão de cenários é um exercício que pode ajudar muito, trata-se de criar um plano para cada possível cenário (um vendendo mais/outro vendendo menos). Ter capital de giro adequado é fundamental para garantir a tomada de decisões futuras no negócio.

Atualmente existem sistemas que automatizam grande parte dos cálculos no negócio, tornando o processo de análise e criação de estratégias mais assertivo.

Outro ponto importante é quais serão os custos referentes à burocracia para abrir o negócio e mantê-lo em funcionamento. Esse item pode parecer óbvio, mas é comum que empreendedores não pensem nisso e depois encontrem dificuldades para arcar com as despesas burocráticas.

Não contar com um planejamento realista

Já atendi muitas empresas que tinham planejamentos desproporcionais à realidade do negócio e esse é um problema muito comum.

O planejamento precisa ser construído considerando o curto, médio e longo prazo, além disso, precisa contar com todos os objetivos estratégicos da empresa ao longo de cada período estipulado.

Esse documento precisa ser construído de acordo com a realidade da empresa, ou seja, considerando os números, faturamento, estratégia de vendas, entre outros fatores relacionados à realidade do negócio.

Lembre-se de que o planejamento não pode ser feito com base em informações generalistas de mercado, mas com dados referentes ao seu negócio.

Não saber aonde quer chegar

Aonde você deseja chegar com a sua empresa? Ah, mas isso está óbvio para as empresas! Não está.

Saber onde se deseja chegar daqui a cinco, dez, quinze anos é algo que muitos empresários não conseguem mencionar.

Se uma empresa, por exemplo, cresce sem um preparo de gestão e sem uma adaptação em seu plano estratégico isso pode trazer a ela mais dores de cabeça do que benefícios devido à lucratividade.

Conseguir mensurar cada passo, resultados, objetivos e com clareza, é uma das demandas mais desafiadoras entre pequenos e médios empresários.

Processos não padronizados

Construir uma rotina saudável é fundamental para a expansão de pequenas e médias empresas, e muitos empreendedores encontram dificuldades nessa padronização de processos.

Uma organização clara com todas as atividades a serem executadas é muito importante para uma maior fluidez nos processos do negócio e, de certa forma, atua na valorização das pessoas que trabalham na empresa, afinal, não se sentem perdidas quanto a como podem exercer o seu trabalho ou não perdem tempo tentando compreender a dinâmica do negócio.

Existem recursos tecnológicos como sistemas integrados que ajudam a empresa a visualizar amplamente os seus processos.

Cada pessoa está olhando em uma direção

Já estive em empresas em que cada sócio tinha uma visão quanto ao futuro da empresa, ou seja, não existia um ponto em comum e esse é um grande problema.

Imagina que um sócio visualiza a empresa no mercado de exportação como foco, já outro, tem uma visão mais voltada à expansão em mercado nacional, essas diferentes visões sobre o mesmo negócio, trarão problemas no momento de pensar estrategicamente.

Um dos grandes desafios para que empresas alcancem um nível de maturidade no mercado está em todos começarem a visualizar juntos, o objetivo. A expansão de pequenas e médias empresas depende muito desse trabalho colaborativo e de um mesmo “espírito” em toda a equipe.

Não investir em capacitação

Qual foi a última vez que você desenvolveu um treinamento para a equipe de vendas? Qual foi o último workshop?

Em muitos casos, se a empresa não conta com recursos no momento de desenvolver um treinamento para a atualização de conhecimentos, pode, de repente, participar de algum evento importante reunindo a equipe.

Os clientes sempre irão desejar alguma coisa a mais e a concorrência sempre estará tentando descobrir algo novo para sair na frente, a chave para conseguir se antecipar é não se conformar com o que já existe, tenha uma equipe excelente e invista nisso, promova treinamentos, workshops, eventos, tenha convênio com instituições educacionais. O conhecimento é um dos recursos mais valiosos que uma organização pode ter.

Não se iluda: o problema existe!

Quantas vezes, e isso não apenas relacionado à gestão da sua empresa, mas em sua vida, você ignorou a existência de algum problema? E muitas vezes fazemos isso porque acreditamos que podemos lidar com a situação, até o dia em que esse problema adquire proporções maiores e não conseguimos mais ignorar como antes, porque está afetando a nossa vida e empresa.

Para a expansão de pequenas e médias empresas não ignore o problema que surge, por menor que, a princípio, possa parecer.

Muitos empreendedores estão enfrentando problemas com o capital de giro, com o fluxo de caixa, com processos em seu negócio e pensam: tudo bem vou contornar como puder. Mas aí está um erro grave e geralmente quando atendo essas empresas, lido com problemas bem sérios, que nem mesmo o gestor tinha consciência da gravidade.

Se tivesse que escolher um único ponto neste conteúdo para você não esquecer jamais, seria esse. Se sua empresa enfrenta um problema, não ignore, não adie procurar apoio, não deixe para outro dia.

Essas orientações também são válidas a grandes empresas, mas acredito que pequenas e médias empresas precisam se atentar mais a isso, afinal, se desejam expandir e se tornar grandes empresas no mercado, não podem deixar de focar suas energias em dar o seu melhor. Você está se dedicando ao máximo?

Gostou do conteúdo? Compartilhe. Lembre-se que na MORCONE Consultoria Empresarial pensamos em cada parte do seu negócio, utilizando metodologias e práticas inteligentes.

Veja também:

Supere os principais desafios de gerenciamento que impedem sua empresa familiar de crescer

Planejamento anual para começar 2023 acertando – como fazer?