Pesquisa realizada pelo Sebrae (Causa Mortis de empresas em seus primeiros 5 anos de vida),  mostrou que dentre as principais causas de fechamento de encerramento de atividades está a falta de planejamento estratégico.

A Controladoria é uma área pertencente à área de Ciências Contábeis e é responsável pelo controle orçamentário de um negócio. Trata-se de um estágio evolutivo da Contabilidade, porque além das áreas contábeis e econômicas, a controladoria também está envolvida à gestão da empresa de um modo geral.

Com mais de 35 anos no mundo corporativo e desde 2015 à frente da MORCONE Consultoria Empresarial, auxiliando empresas de diferentes segmentos, hoje trago um artigo sobre os importantes papéis do planejamento e controle em um negócio.

Planejamento e Controle – Sua empresa precisa se atentar

O planejamento costuma ser uma das tarefas mais complexas nas empresas, isso porque envolve diversos setores operacionais, táticos e estratégicos.

Considera-se na elaboração do planejamento, quais são os principais objetivos por parte do diretor da empresa, também tratados como “objetivos primários”, depois disso, elaboram-se estratégias para que estes objetivos possam ser alcançados.

O planejamento é um recurso que traz “tranquilidade” ao negócio, uma vez que os gestores podem atribuir maior parte de seu tempo pensando em ações de longo prazo ao invés de despender maior energia em problemas presentes ou pontuais.

Essa “tranquilidade” a qual me refiro não está relacionada a um cenário sem imprevisibilidades, porque certamente existirão, mas a uma capacidade de se antecipar aos problemas, de conseguir com maior domínio (até mesmo emocional), lidar com tomadas de decisões em curto espaço de tempo, ou seja, com maior probabilidade de serem assertivas para o bem da empresa.

Já o controle é o que garantirá o sucesso do planejamento e este termo que também costuma ser tratado como controladoria é um conjunto de métodos e ferramentas que a gestão utiliza a fim de manter o negócio saudável para alcançar os seus objetivos.

O controle tem como foco também manter os sistemas de gestão em perfeito funcionamento e dura de acordo com a “relação temporal” entre o método e o objeto de controle.

O planejamento e controladoria têm como intuito reunir as principais ações executadas pela controladoria com o objetivo de montar um plano que esteja alinhado à missão e objetivos de uma empresa.

Informações sobre padrões de custos, despesas fixas e variáveis, por exemplo, são utilizadas para um planejamento preciso sobre vendas de produtos e serviços que não apenas cubram os gastos, mas que também gere um retorno junto aos clientes.

Com as informações reunidas, a empresa consegue ter uma previsão realista dos lucros, assim como um norte quanto a formas de aumenta-los, com exemplo da aplicação em fundos de investimento.

Empresas verdadeiramente bem-sucedidas são aquelas que não existem para “sobreviver” no mercado, mas que realmente conseguem ser sustentáveis e expandir economicamente apesar de adversidades.

O que envolve a Controladoria em um negócio?

Além do planejamento e controle, a controladoria envolve outras atividades importantes, como:

Interpretação de relatórios

É papel da Controladoria realizar a comparação do que está no planejamento com os resultados, apresentando a interpretação das informações obtidas.

Avaliação

Após avaliação de relatórios, a controladoria consegue analisar as áreas da gestão, o quão eficazes estão sendo e se têm caminhado de acordo com os objetivos e políticas da empresa.

É um meio importante também para avaliar os pontos fracos do negócio, assim como os fortes que precisam ser melhorados para se tornarem ainda mais evidentes.

Gestão fiscal

Empresas precisam caminhar conforme a lei, portanto, é fundamental administrar os procedimentos e políticas fiscais para garantir o cumprimento de leis e normas.

Relatórios para a área governamental

Dependendo da área e país de atuação, é preciso apresentar documentos a instituições governamentais.

Estes documentos geralmente são elaborados por especialistas para que atendam a todos os requisitos.

Proteção de Ativos

Se a Controladoria Geral da União (CGU) deve zelar pelo patrimônio do Estado brasileiro, as controladorias das empresas têm o papel de proteger os seus bens.

Para garantir a proteção, são realizados controles internos com o exemplo de auditorias ou da contratação de seguros para alguns ativos.

Avaliação econômica

É fundamental contar com análises assertivas quanto à economia do país, o que possibilita a antecipação a riscos ou a novas implementações, como é o caso de novas tecnologias.

As cinco áreas mais próximas à Controladoria, são:

  • Contabilidade;
  • Finanças;
  • Administração;
  • Tecnologia da Informação;
  • Recursos Humanos.

 

Principais ferramentas para Planejamento e Controle

O uso de tecnologias é fundamental para o planejamento e controle nas empresas, assim como para mantê-las em constante competitividade no mercado.

Os sistemas ERP (Enterprise Resource Planning) são recursos muito utilizados pelas organizações, capazes de integrar diferentes sistemas em um só, assim como podem ser utilizados em diversos segmentos de negócio.

O sistema integrado possibilita uma visão geral sobre tudo o que tem sido realizado na organização e diminui consideravelmente as margens de erros quanto à obtenção de resultados e realização de atividades repetitivas.

Apenas médias e grandes empresas devem contar com Planejamento e Controle?

Claro que não! Todos os segmentos e portes de empresa precisam contar com este importante instrumento presente na Controladoria.

Quando a empresa se vê em dificuldades para encontrar equilíbrio em sua gestão, provavelmente há problemas relacionados à controladoria e, para estes casos, contar com uma ajuda profissional é o mais indicado.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe. Lembre-se que na MORCONE Consultoria Empresarial pensamos em cada parte do seu negócio, utilizando metodologias e práticas inteligentes.

Veja também:

Empresa familiar: como usar sua marca a favor do seu negócio?

Investimento em ações ESG tem ganhado cada vez mais força no Brasil